Para deputado federal Sidnei Leandro 4093

AMIGOS DE FOGO
Loading...

sábado, 24 de abril de 2010

Deputado Miro Teixeira Cogita ir ao Supremo Tribunal Federal para votar a PEC 300

Somente na Câmara dos Deputados do Brasil a maioria não representa NADA.
Isso é o que demonstra a total falta de respeito do Presidente Michel Temer que não tem peso suficiente para peitar a decisão vergonhosa do Governo e do Partido dos Trabalhadores.

Michel Temer não está preocupado em arranhar sua imagem ao tomar uma decisão dessas. Talvez pense ele que sua próxima eleição está garantida, seja como vice-presidente na chapa de Dilma ou para retornar a Câmara dos Deputados. Engana-se. Saberemos lembrar de quem está contra a PEC300. Vamos trabalhar contra, convencer quem vota a votar ao contrário. Lembrem-se em toda sessão eleitoral tem um policial militar trabalhando.

A atitude do Governo Lula e do PT é falta de vergonha, é descarada. O Presidente Lula como é de costume, tem a desfaçatez de vir a público dizer que policial tem que ganhar bem, mas manda seus capachos Cândido Vaccarezza, José Genoíno, Fernando Ferro e o Presidente da Câmara dos Deputados Michel Temer barrar a PEC 300. Ou seja, joga para a platéia. Não admite que ele sim é contra a PEC300. É contra a melhoria da Segurança Pública deste país.
Cansados dessa posição na Câmara dos Deputados, o Deputado Miro Teixeira (PDT-RJ), questionou a posição da mesa da Câmara dos Deputados ao impedir que a PEC300 seja levada em votação. O Deputado também propôs a se fazer uma coleta de assinaturas dos parlamentares e requerer ao Deputado Michel Temer um posicionamento formal, caso não queira colocar a PEC300 em votação. Diante de uma recusa por parte do Pres. Michel Temer esse documento seria usado para ingressar numa ação no Supremo Tribunal Federal.
Talvez seja a melhor alternativa perante uma Câmara que está se desmoralizando por um simples projeto de emenda constitucional.

Lamentável o parlamento se curvar ao PT dessa maneira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário